Mercado de segurança Eletrônica cresce 13% em 2020

Mercado de segurança Eletrônica cresce 13% em 2020

A Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese) anunciou os resultados do balanço do mercado de segurança eletrônica em 2020. Com crescimento de 13%, o setor superou a expectativa prevista de 12% (+1%). Apesar de um ano difícil economicamente, o segmento tornou-se essencial para colaborar no enfrentamento da pandemia. O crescimento acima da média reflete o aumento da adesão de câmeras termográficas, videomonitoramento e portarias remotas.

A presidente da Abese, Selma Migliori, explica que em um mundo onde o contato físico está restrito, os dispositivos inteligentes são vitais para diferentes setores – como telemedicina, a segurança no varejo e escolas, agronegócio e para serviços logísticos. A especialista não ignora o impacto inicial causado pelo cenário mundial, mas ressalta o reposicionamento rápido das empresas do setor que adaptaram seus recursos à nova realidade e conseguiram não só se manter, mas projetar considerável crescimento.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions sobre o mercado. Para continuar lendo, visite o site Revista Segurança Eletrônica com a matéria completa.


Artigo escrito por Equipe ISC Brasil | Ver todos os artigos de Equipe ISC Brasil